domingo, 10 de julho de 2011

A Comédia Cotidiana

Para os filhos...
"Dedicar-vos nossa vida, só pensar em vocês, preparar vosso bem-estar, sacrificar nossos gostos as vossas fantasias, adorar-vos, dar-vos nosso próprio sangue, isso não é nada? Ai, é verdade, vocês aceitam tudo com indiferença. Para obter sempre vossos sorrisos e vosso dedenhoso amor, seria preciso ter a força de Deus. Depois, enfim, um outro aparece! Um namorado, um marido nos arrebatam o coração."

Para os jovens...
"As moças com frequência criam imagem nobres, deslumbrantes, figuras totalmente ideais, e forjam ideias quiméricas acerca dos homens, dos sentimentos, do mundo; depois atribuem inocentemente a um caráter as perfeições que sonharam, e entregaram-se a isso; amam no homem que escolheram essa criatura imaginária;porém, mais tarde, quando não há mais tempo de livrar-se do infortúnio, a enganadora aparência que embelezaram, seu primeiro ídolo, transforma-se em enfim num esqueleto odioso."
Honoré de Balzac
A Mulher de Trinta Anos 

Nenhum comentário:

Postar um comentário